O que são alimentos orgânicos e seus principais benefícios

O que são alimentos orgânicos

A palavra “orgânico” se refere à forma como os agricultores cultivam e processam os alimentos que produzem. Práticas orgânicas de cultivo têm por objetivo a conservação do solo e da água e a redução da poluição, além da qualidade dos próprios alimentos. Para isso, os agricultores orgânicos fazem uso de fertilizantes naturais e da rotação de cultivo, ou manta, para lidar com as ervas daninhas.

Como fazer a sua própria horta orgânica
Trabalho saudável: Entrevista com a Hora da Fruta
Como reduzir o seu impacto no meio ambiente no dia a dia
Como montar uma casa sustentável: 7 ideias simples

Principais benefícios dos alimentos orgânicos

Além do benefício para o meio ambiente, a diferença na maneira de cultivar os alimentos orgânicos desde o princípio também tem consequências no produto final. Muitos fatores influenciam a preferência do consumidor por esse tipo de alimento, inclusive o fato de algumas pessoas preferirem o sabor que eles têm. Porém, duas vantagens merecem algum destaque entre os principais benefícios:

1. Sem pesticidas sintéticos

Agricultores convencionais usam pesticidas sintéticos para proteger suas colheitas de pragas e doenças. Ao aplicarem esses produtos, eles deixam resíduos nos alimentos – e esses resíduos podem facilmente chegar até a mesa do consumidor. Algumas pessoas procuram alimentos orgânicos para limitar sua exposição a esse tipo de substância. Ainda assim, é importante lembrar que esses resíduos não excedem os limites de segurança do governo.

2. Sem aditivos alimentares

Os regulamentos orgânicos proíbem ou restringem severamente a utilização de aditivos alimentares, adjuvantes (substâncias utilizadas durante o processamento, mas não adicionado diretamente à alimentação) e agentes vulgarmente utilizados em alimentos não biológicos, incluindo conservantes, edulcorantes artificiais, corantes, aromas e glutamato de monossódico – substâncias muitas vezes prejudiciais à saúde e que, portanto, muitas pessoas preferem evitar.

Além das vantagens acima, um dos principais aspectos dos alimentos orgânicos é que eles respeitam as temporadas. Nada é criado fora de época, o que significa abrir mão de certos alimentos em determinadas épocas do ano. Mas comer como nossos antepassados faziam detém certo apelo. Provar alimentos orgânicos como frutas e vegetais em suas respectivas temporadas pode ser muito prazeroso, faz bem para a saúde e com certeza é uma constante degustação de algo novo, além de respeitar a natureza.

Certificação

Para saber se um alimento é orgânico, em geral, basta observar o selo do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica, que atesta que aquele produto já processado ou embalado esteja realmente de acordo com a Lei 10.831, de 2003, que determina as técnicas de avaliação da qualidade orgânica dos alimentos, ou seja, garante que um produto não foi submetido ao uso de adubos químicos, agrotóxicos, hormônios, antibióticos, insumos geneticamente modificados, radiação ou qualquer aditivo sintético.

Selo_do_SisOrg_-_MAPA2

Selo do SisOrg

Se o alimento estiver sendo vendido diretamente na feira, sem embalagens, eles não apresentarão selos, mas o consumidor pode saber a origem daquele produto por meio da devida apresentação, por parte do vendedor, da declaração de conformidade orgânica, que também garante que o item passou por todo o processo exigido pela lei.

É importante lembrar que “orgânico” e “natural” não são sinônimos. Você pode encontrar no mercado termos como “criado de forma natural” ou “livre de hormônio” em tabelas nutricionais, mas, ainda que essas descrições sejam confiáveis, não as confunda com o termo “orgânico”. Apenas os alimentos com selo indicativo são cultivados e processados de acordo com o padrão de produtos orgânicos e podem ser assim definidos. Veja as formas de obter o selo orgânico.

Mercado de Alimentos Orgânicos

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2015 o Brasil foi considerado o país onde mais se consome agrotóxico no mundo. Após está e outras noticias notamos que a indústria dos alimentos orgânicos aumentou substancialmente nos últimos anos, com essa enorme popularização entre jovens e adultos, se tornou um estilo de vida e uma tendência na sociedade moderna. Os consumidores querem cada vez mais saber como seu alimento é produzido e de onde é que a comida vem. Hoje em dia, os alimentos orgânicos estão finalmente chegando a um momento de aceitação por parte dos consumidores, a sua demanda está aumentando – isso significa que cada vez mais procedimentos agrícolas ‘organicamente aceitáveis’ e grandes cooperativas estão ganhando impulso.

Todas as marcas, e não apenas as de produtos orgânicos, têm a capacidade de se conectar com seus clientes de uma forma mais significativa através de contar histórias. No entanto, as marcas orgânicas parecem estar fazendo um trabalho melhor nos dias de hoje. Os consumidores que sempre se preocupam por sua saúde também querem descobrir novos produtos que atendam às suas necessidades dietéticas e que promovem o bem-estar. Produtos básicos como leite, manteiga, frutas, vegetais grãos e pães são elaborados com muito mais cuidado e por isso possuem sabores mais autênticos.

Antes encontrados apenas em lojas de alimentos saudáveis, hoje em dia os alimentos orgânicos podem ser facilmente localizados em prateleiras de mercados comuns e até em feiras livres. Basta que o consumidor fique atento às versões orgânicas oferecidas pelas lojas daqueles alimentos que costumam comprar. Além disso, existem diversos produtores especializados, como as diversas cooperativas existentes em todo o país, que se dedicam à produção de alimentos orgânicos e de qualidade.

Eventos

Como citado, o mercado está aumentando de uma forma considerável. Por isso, hoje podemos encontrar os produtos orgânicos de uma forma mais acessível. Para ficar ainda mais por dentro do que está acontecendo no mercado você poderá participar de eventos que acontecem durante o ano. A feira internacional mais conhecida do setor é a Bio Brazil Fair.

Show some

Siga-nos nas redes sociais

Todos direitos reservados © Marktplatz Mittelstand GmbH & Co. KG 1996-2019