Como fazer a sua própria horta orgânica

Montar sua própria horta pode ser divertido e gratificante, além de ser uma ótima fonte de alimentos orgânicos e saudáveis, e uma forma de terapia para muitas pessoas. Tudo que você realmente precisa para começar é um pouco de terra e algumas plantas. Mas para sua horta particular ser um sucesso você precisa entender o que é preciso para manter suas plantas saudáveis e neste post vamos te contar quais são os primeiros passos para isso!

O que são alimentos orgânicos e seus benefícios
Como fazer compostagem em casa ou apartamento
Como montar uma casa sustentável? Veja 7 ideias!
Como reduzir o seu impacto no meio ambiente no dia a dia

1. Alimente o solo

Este é o mantra para os jardineiros orgânicos e com razão. Na agricultura química convencional, plantas de cultivo são de fato “alimentadas” através de fertilizantes sintéticos. Quando levado ao extremo, este tipo de alimentação forçada quimicamente pode acabar empobrecendo o solo, que oferecerá pouca ou nenhuma nutrição. Ainda que fertilizantes e nutrientes minerais (cal agrícola, fosfato de rocha, etc.) devam ser adicionados periodicamente em sua horta orgânica, a substância mais útil para construir e manter um solo saudável e bem equilibrada é a matéria orgânica, ou seja, substâncias naturais.

Você pode adicioná-la de diversas maneiras diferentes: através de compostos orgânicos, folhas picadas e adubo animal. Essas matérias orgânicas melhoram a fertilidade, a estrutura e a lavoura de todos os tipos de solos. Os compostos orgânicos também proporcionam uma fonte contínua de nitrogênio e outros nutrientes que as plantas necessitam para crescer. Além disso, ela é uma excelente fonte de alimento para os micróbios do solo, responsáveis pelos processos de deterioração e decomposição que levam nutrientes para as plantas.

2. Decidindo o que plantar na sua horta

Antes de mais nada, comece sua horta particular com pequenos passos e pouco a pouco. Muitos jardineiros de primeira viagem se empolgam com a ideia de ter sua própria horta, plantam muito mais do que precisam e acabam desperdiçando comida e se sentindo cansados com tanto trabalho de jardinagem. Por isso, antes de começar a planejar a sua horta, analise bem os hábitos alimentares da sua família. Tenha em mente que os vegetais, como tomate, pimentão e abóbora dão frutos durante todo o ano e, por isso, requerem menos plantas. Já cenouras, rabanetes, e milho dão frutos uma única vez ao ano e fazem com que sejam necessárias mais plantas.

3. Sementes ou mudas?

Quando chega a hora de plantar sua horta, você precisa decidir o que quer plantar a partir das sementes e as mudas que apenas serão transplantadas para a sua horta. Muitos jardineiros optam por plantar todas as plantas a partir de sementes por razões que incluem custos mais baixos e o desafio e a satisfação de ver uma planta crescer a partir de uma semente, florescer e dar frutos. Mas se você é um novato, vale investir primeiro em mudas já que isso aumenta suas chances de sucesso, especialmente com vegetais como berinjelas, pimentões e tomates que requerem um longo período vegetativo.

4. Escolhendo o local perfeito

Independente do tamanho da sua horta ou dos vegetais que escolheu plantar, existem três requisitos básicos para o sucesso: sol, água e solo fértil. A maioria dos legumes precisa de pelo menos 6-8 horas de sol direto. Sem luz suficiente, eles não vão durar tanto e estarão mais suscetíveis ao ataque de insetos ou doenças. Se você não tem um local com muito sol para plantar sua horta, escolha vegetais folhosos, como alface e espinafre. Em cidades muito quentes, variedades de estação fria como a ervilha pode se desenvolver melhor com um pouco de sombra.

A maioria dos legumes não é muito tolerante à seca e requerem grandes quantidades de água. Quando começar a planejar a sua horta, lembre-se: quanto mais próximo ela estiver de uma fonte de água, mais fácil será para você.

Assim como acontece com qualquer tipo de jardim, o sucesso geralmente começa com um bom solo. A maioria dos legumes se desenvolve melhor em solos úmidos, bem drenados e ricos em compostos orgânicos.

5. Os vegetais mais fáceis de plantar

Há plantas e vegetais que requerem menos cuidados e florescem mais rápida e facilmente. Há também temporadas mais favoráveis para um ou outro tipo de planta. Procure vegetais e plantas que se adaptem à sua realidade, à sua cidade e ao espaço que você tem para a sua horta. Um espaço grande e com muito sol certamente florescerá muito mais do que um pequeno espaço com sombras. Entre os vegetais mais fáceis de plantar para jardineiros de primeira viagem estão folhas como a alface e espinafre, tomates e pepinos (que gostam de muito sol e altas temperaturas), tubérculos como cenouras e rabanetes, e abobrinha.

Show some

Siga-nos nas redes sociais

Todos direitos reservados © Marktplatz Mittelstand GmbH & Co. KG 1996-2019